BLOG

5 Dicas para empreender no Brasil

Segundo pesquisa realizada pela GEM (Global Entrepreneurship Monitor), o Brasil atingiu 38% na Taxa de Empreendedorismo Total. O número indica que cerca de 52 milhões de brasileiros possuem algum negócio próprio. A tendência é que esse número cresça ainda mais nos próximos anos.

Quando comparado a outros países do BRICS, que fazem parte o Brasil, Índia, China, Rússia e África do Sul, o Brasil é que tem a maior taxa.

Outra pesquisa realizada com o apoio do SEBRAE constatou que dentre os brasileiros entre 18 a 64 anos, 36 em cada 100 tem um negócio ou está no caminho de empreender. Isso significa um terço da população e é o melhor resultado desde 2002.

Com esses dados vemos que os brasileiros têm esse desejo de empreender, mas que nem sempre o empreendedorismo se sustenta, pois muitos negócios são abertos sem preparo e pode fechar em poucos anos.

Apesar do mercado não ser muito favorável para empreender no Brasil, existem algumas dicas que trazem mais garantia para o seu negócio ter mais sucesso. Confira abaixo!

1- Busca de parceria

A primeira coisa é procurar por um sócio que seja parceiro do seu negócio. Ele deve abraçar sua ideia e ter um conhecimento diferente do seu. Um pode ficar responsável pelas finanças, outro pelas entregas, outro pelo marketing etc. Dividir as tarefas é importante para desenvolver um negócio organizado e sustentável.

2- Planejamento é importante

O planejamento é uma etapa fundamental de qualquer inovação. Se não houver pesquisas embasadas em dados, análise de mercado, dificilmente você conseguirá desenvolver alguma estratégia eficiente.

Além de utilizar livros vá às ruas também para sentir o mercado, as necessidades dos consumidores e identificar oportunidades. É nesse momento que você deve verificar se a sua ideia tem potencial grande para abrir uma empresa se um MEI já é suficiente para desenvolver suas atividades.

3- Peça feedbacks

Por mais que você fique receoso de alguém roube sua ideia, vale a pena você buscar sugestões para o máximo de pessoas que conseguir. Consulte familiares, amigos, conhecidos que possam dar um feedback e contribuir com ideias e apontamentos sobre o seu negócio que talvez você não esteja percebendo.

4- Divulgue ao máximo

Após estruturação, pesquisas e planejamento é hora de ir em eventos, encontros, feiras para conseguir contatos, fazer networking e encontrar potenciais clientes. Você precisa buscar clientes e validar seu modelo de negócio. No caso de estar procurando investidores, aceleradoras ou incubadoras procure por pessoas que trarão sinergia e mentoria ao projeto e não apenas participação financeira.

5- Desenvolva uma cultura organizacional

Se você já concluiu todos os passos anteriores é hora de pensar na cultura organizacional da sua empresa. Construa uma empresa embasada em valores, contrate pessoas que estejam alinhadas ao seu propósito, que tenham visão e queiram crescer e se desenvolver.

Após tudo isso é hora de implantar todas as ideias e torná-las realidade. Em média, as empresas demoram 5 dias para serem abertas no Brasil. O prazo pode ser um estímulo para os novos empreendedores.

Ainda tem alguma dúvida sobre o assunto? Entre em contato com a Solvção, somos especializados em assessoria empresarial.

Fonte: jornalcontabil.com.br

Precisando de especialistas para cuidar da contabilidade da sua empresa e ter mais tempo para se dedicar à administração e aos novos projetos?

Aqui na Solvção você encontra o que precisa! Nós cuidamos de toda a sua contabilidade enquanto você foca nos seus negócios!

WhatsApp chat

Esse site Utiliza cookies para uma melhor Experiência. para mais informações conheça nossa política de privacidade